Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | 1° Trimestre De 2022 | EBD – Adultos

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

TEXTO ÁUREO

“Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz, para o meu caminho.” (Sl 119.105)

VERDADE PRÁTICA

A Bíblia é um guia seguro para a nossa caminhada cristã. Alicerçados nos ensinos da Palavra de Deus, somos instigados a viver com sabedoria e prudência.

LEITURA DIÁRIA

Segunda – 1 Co 10.4 Nossa vida deve ser edificada na rocha, que é o próprio Cristo, e a sua Palavra
Terça – Jo 8.12 Cristo é a luz do mundo e quem o segue não anda em trevas
Quarta – Pv 3.7 O mero conhecimento sem a prática não produz sabedoria
Quinta – Pv 2.6 Deus é a fonte de toda a verdadeira sabedoria
Sexta – Ef 1.7,8 A graça de Deus nos faz alcançar o perdão, e ainda a sabedoria e a prudência
Sábado – Ef 5.15 A Bíblia nos exorta a viver prudentemente, e não como néscios

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Salmos 119.97-105

97 – Oh! Quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia.
98 – Tu, pelos teus mandamentos, me fazes mais sábio que os meus inimigos, pois estão sempre comigo.
99 – Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque medito nos teus testemunhos.
100 – Sou mais prudente do que os velhos, porque guardo os teus preceitos.
101- Desviei os meus pés de todo caminho mau, para observar a tua palavra.
102 – Não me apartei dos teus juízos, porque tu me ensinaste.
103 – Oh! Quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! Mais doces do que o mel à minha boca.
104 – Pelos teus mandamentos, alcancei entendimento; pelo que aborreço todo falso caminho.
105 – Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz, para o meu caminho.

Hinos Sugeridos: 141, 458, 498 da Harpa Cristã

PLANO DE AULA

1- INTRODUÇÃO
Nesta lição, temos como propósito mostrar que a Bíblia é um verdadeiro guia para a nossa vida. Quem põe em prática seus ensinamentos será considerado um verdadeiro sábio. A Bíblia é um livro divino que nos ensina a sabedoria de todas as áreas da vida. Neste livro está presente o que precisamos para viver de maneira que glorifique a Deus. Que os nossos alunos permitam que a Bíblia seja o guia da vida deles!
2- APRESENTAÇÃO DA LIÇÃO
A) Objetivos da Lição:
I) Enfatizar que o crente deve alicerçar a sua vida na Bíblia;
II) Esclarecer que Deus é a fonte da verdadeira sabedoria;
III) Mostrar que o salvo em Cristo deve viver com sabedoria e prudência.
B) Motivação: A sabedoria e a prudência são virtudes que resultam do propósito resoluto de viver os ensinamentos da Bíblia. Quem as leva sério e as põem em prática se torna mais sábio e prudente na maneira de viver.
C) Sugestão de Método: Escolha um trecho do livro de Provérbios e mostre a atemporalidade da sabedoria ali presente no texto. As opções de textos bíblicos de sabedoria são abundantes. Explique que o livro de Provérbios foi escrito com 0 propósito de fazer dos leitores, pessoas mais sábias.
3- CONCLUSÃO DA LIÇÃO
A) Aplicação: Desafie a classe a colocar em prática a sabedoria das Escrituras. Aqui você pode usar o mesmo trecho escolhido em Provérbios para encorajar os alunos a praticar uma verdadeira sabedoria.
4- SUBSÍDIO AO PROFESSOR
A) Revista Ensinador Cristão: Vale a pena conhecer essa revista que traz reportagens, artigos, entrevistas e subsídios às Lições Bíblicas. Na edição 88, p.39, você encontrará um subsídio especial para esta lição
B) Auxílios Especiais: Ao final do tópico, você encontrará um auxílio que dará suporte na preparação de sua aula:
1) O texto “ Entenda a História da Escritura como Todo” aprofunda o primeiro tópico, mostrando a importância de compreender a Bíblia de maneira global para aplicá-la como guia em nossa vida;
2) O texto “ O Caráter do Professor Cristão” auxilia na aplicação do segundo tópico de maneira que o docente da Escola Dominical tenha um caráter guiado pela Bíblia no dia a dia.

INTRODUÇÃO

A Bíblia, quando obedecida, torna-se um verdadeiro guia para o viver cristão. Cristo nos adverte ao exame das Escrituras porque nelas estão reveladas as palavras de vida eterna (Jo 5.39). Tiago assevera que a Palavra de Deus transforma a nossa natureza, e nos conduz pela vereda da salvação (Tg 1.21). Nesta lição, veremos que a Escritura é um alicerce constituído de sabedoria e prudência para a vida.

Ponto Chave: GUIA

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

I – A BÍBLIA É UM ALICERCE PARA A VIDA

1. A Palavra de Deus é alicerce. Importante ressaltar que a Bíblia é a única infalível revelação escrita, divinamente inspirada (2 Tm 3.16; Ap 1.1). Quem ouve e coloca em prática a Palavra de Deus é comparado a uma pessoa prudente cuja casa é alicerçada sobre a rocha (Mt 7.24). Nesta ilustração de Jesus, a casa simboliza a vida. A vida deve ser edificada nos ensinos de Cristo a fim de alcançar a virtude e um destino glorioso (Jo 3.16). O próprio Cristo é a rocha (l Co 10.4). Ele tem as palavras de vida eterna (Jo 6.68). A síntese desse grande ensinamento é que nem as crises dessa vida e nem a eternidade poderá abalar quem está firmado em Cristo e na sua Palavra (Mt 7.25).

2. A Palavra de Deus é luz. Os Salmos declaram que a Palavra de Deus é “ lâmpada para os pés” e “ luz para o caminho” (Sl 119.105). Significa que a Bíblia possui orientações para cada passo do nosso viver e instruções para todo o curso da nossa vida. Pedro fala da Palavra com o “ um a luz que alumia em lugar escuro” (2 Pe 1.19). Quer dizer que a luz das Escrituras dissipa a escuridão espiritual e nos conduz em segurança pelo caminho da vida eterna. Cristo disse: “ Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas” (Jo 8.12); e Paulo ensina que devemos andar como filhos da luz (Ef 5.8), isto é, afastados da prática do pecado (1 Jo 3.6).

3. A Palavra de Deus é imutável. Tendo a inspiração divina como pressuposto, ratificamos novamente que a Palavra de Deus é a nossa autoridade final de fé e prática (2 Pe 1.21). A Bíblia difere de outros livros porque seus ensinos são fidedignos e confiáveis, não erram e nem falham (Jo 10.35). Desse modo, o texto bíblico permanece inalterado (Mc 13.31). Por conseguinte, os princípios bíblicos têm aplicação hoje, assim como o tiveram antigamente (Is 55.11) – Os padrões da ética e da moral cristã não sofrem mudanças (l Pe 1.20). Portanto, os valores cristãos são permanentes, pois a fonte de autoridade é permanente (Mt 5.18). Assim sendo, o comportamento e o caráter do cristão se alicerçam nas doutrinas bíblicas (Ef 2.20).

SINÓPSE I

A vida do crente está alicerçada na imutável Palavra de Deus: a luz para o nosso caminho.

AUXÍLIO BIBLIOLÓGICO

“Entenda a História da Escritura como um Todo
Um aspecto de importância vital sobre a Bíblia em seu contexto é compreender a sua história global. Uma razão pela qual temos dificuldade em entender e viver os trechos da Bíblia é que não conseguimos compreender o quadro geral, a história global. Perguntei a David [S. Dockery] sobre a importância de compreender o panorama geral da Bíblia. Ele respondeu: ‘Acredito que precisamos entender a grande história, desde a criação até o livro de Apocalipse, e entender que Deus não se revelou apenas em determinados momentos, para pessoas em particular, mas o fez de forma progressiva.

À medida que o tempo passava na história bíblica. Deus revelou mais e mais aspectos de seu plano para a humanidade. Nós vemos a progressão, por exemplo, nas alianças que Ele fez com as pessoas. Ele fez uma aliança com Abraão, uma aliança que foi amplificada com Davi, e depois ainda mais ampliada na nova aliança prometida em Jeremias. A aliança se cumpre quando começamos ler Mateus 1, à medida que Mateus traça a genealogia e a história de Jesus através das alianças do Antigo Testamento. […] O panorama geral evita que leiam os passagens fora do contexto ou atribuímos à Bíblia algo que não está nela’” (GUTHRIE, George. Lendo a Bíblia Para a Vida: Seu Guia para Entender e Viver a Palavra de Deus. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2014, p.35)

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

II – A BÍBLIA NOS TORNA PESSOAS SÁBIAS

1. O conceito de sabedoria. O substantivo hebraico para sabedoria é hokmãh; e o seu correspondente em grego é sophia. Ambas as palavras têm o sentido de “ habilidade”, “experiência” e “ qualidade de quem é sábio”. A obra Teologia Sistemática: Uma Perspectiva Pentecostal assegura que “ a sabedoria reúne o conhecimento da verdade com a experiência do cotidiano”. Significa que o conhecimento absorvido pela mente deve ser aplicado em todas as situações da vida (Pv 4.5-8 ). Nesse aspecto, o conhecimento sem a prática não produz sabedoria (Pv 3.7).

2. Deus é a fonte da sabedoria. A sabedoria é um dos atributos divinos (Dn 2.20; Rm 16.27). Portanto, Deus é a sua fonte (Pv 2.6; Ef 1.16,17). A sabedoria divina é inescrutável (Rm 11.33)- Toda a sabedoria dos santos provém da parte de Deus (Ef 1.8,9). Em resumo, visto que Deus é a verdadeira sabedoria, as suas palavras e seus atos são igualmente sábios (Sl 19.7; Pv 3.19). Nesse sentido, todos que vivem de acordo com os preceitos da Palavra de Deus são considerados pessoas sábias (l Co 2.6,7).

3. O temor é o princípio da sabedoria. A Bíblia registra que “O temor do Senhor é o princípio do saber” (Pv 1.7 – NAA). A frase “ temor do Senhor” não significa ter medo de Deus, mas expressa reverência e adoração (Dt 10.12). Essa atitude é o preceito pelo qual se inicia a sabedoria. O temor a Deus produz entendimento (Rm 12.1,2). E, por meio da obediência às Escrituras, os cristãos passam a viver como pessoas sábias (Ef 5.15). Em contraste, os que rejeitam ao Senhor e à sua Palavra permanecem na ignorância (Sl 14.1).

4. Os benefícios da sabedoria. O salmista declara que o ato de meditar na Palavra de Deus, o tornou mais sábio do que todos à sua volta (Sl 119.98-100). Essa afirmação significa que ele adquiriu sabedoria ao aplicar os preceitos do Senhor na sua vida. Salomão assegura que a pessoa sábia tem muitos benefícios (Pv 9.12). Dentre eles, acumula conhecimento (Pv 10.14); ganha alma (Pv 11.30); tornar-se próspero (Pv 19.8); e exerce domínio próprio (Pv 29.11). Em vista disso, somos advertidos a empregar esforços na busca da sabedoria (Pv 4.7)

SINÓPSE II

Deus é a fonte da sabedoria e, por isso, o temor do Senhor é o princípio de toda a sabedoria. Logo, meditar e aplicar a Bíblia em nossa vida nos torna pessoas sábias.

AUXÍLIO DE EDUCAÇÃO CRISTÃ

“ O Caráter do Professor Cristão
C. S. Lewis admite que muitas pessoas reconhecem que certas qualidades de caráter (prudência, temperança, justiça e fortaleza, ou seja, ‘virtudes cardeais’) são virtuosas e valem a pena perseguir. Contudo, ele sugere que os cristão s identificam virtudes fora do escopo da norma. Entre as virtudes teológicas, estão a fé, a caridade e a esperança (centradas em Deus; Pv 18.2; 19.3; 23.9). Enquanto a Bíblia defende a abnegação, a humildade, a generosidade e a compaixão para com os outros, 0 mundo defende o egocentrismo, o orgulho, o consumo e o julgamento. A maturidade em Cristo evidencia-se no fruto do Espírito, no crescimento em conhecimento, no fortalecimento cada vez maior em perseverança e paciência e, por fim, no ser agradecido. […] A verdadeira transformação da mente do cristão manifesta-se na transformação do caráter e no testemunho verbal e não verbal. […] Torna-se claro que a verdade da Palavra de Deus é realmente ‘aprendida’ quando é vivida na comunidade de fé e no mundo” (LINHART, Terry. Ensinando as Próximas Gerações: 0 Guia Definitivo do Professor de Jovens. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2018, p.51-52).

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

III – A BÍBLIA E A PRUDÊNCIA PARA A VIDA

1. O conceito de prudência. O Dicionário Wycliffe esclarece que o termo hebraico arum é usado no sentido positivo para identificar uma pessoa sensata (Pv 14.8,15,18; 15.5), e que o adjetivo grego synetos enfatiza uma decisão inteligente (Pv 16.21). O Dicionário Vine destaca que o substantivo grego phronesis e suas declinações denotam sabedoria prática (Lc 1.17; Ef 1.8), e que synetos sugere avaliação que precede a ação (l Co 1.19). Em termos gerais, a prudência é a virtude que evita ações temerárias. Nesse aspecto, com cautela e bom senso, uma pessoa prudente é capaz de discernir e fazer a escolha correta (Dt 30.19; Lc 10.42).

2. A prudência dos justos. A pregação de João Batista tinha como finalidade converter “ os rebeldes à prudência dos justos” (Lc 1.17). Nesse sentido, a mensagem da salvação em Cristo não apenas restaura o pecador, mas também o faz andar por veredas de retidão (Pv 4.18; 2 Co 5.17). Paulo declara que a graça de Deus nos traz sabedoria e prudência (Ef 1.8). A sabedoria para compreender a verdade, e a prudência para agir corretamente, segundo a vontade de Deus (Ef 1.9). Essas dádivas são aperfeiçoadas pela oração, leitura das Escrituras e comunhão com o Espírito Santo (l Ts 5.17; 2 Tm 3.14-15; Ef 5.18).

3. Os benefícios da prudência. O livro de Provérbios descreve os benefícios da prudência (Pv 1.1-6 ). Dentre eles, destaca-se: o autocontrole para não revidar ofensas (Pv 12.16); a humildade para não exibir conhecimento (Pv 12.23); a correta tomada de decisões (Pv 13.16); o pensar antes de agir para não ser influenciado (Pv 14.15); O alcance de boa reputação e alta posição (Pv 1 4 -35); a sujeição ao aprendizado e a correção (Pv 15.5); e o desviar-se do perigo por meio de soluções antecipadas (Pv 22.3). Nos Evangelhos, Cristo enfatizou que a pessoa prudente tem a Palavra de Deus como regra de vida (Mt 7.24 ); procede com retidão e cumpre seus deveres com fidelidade (Mt 24.45 ); por fim , cuida com esmero da sua vida espiritual e mantém acesa a chama do Espírito (Mt 25.4). Em vista disso, a Bíblia nos exorta a viver prudentemente, e não como néscios (Ef 5.15).

SINÓPSE II

A prudência é a sabedoria na prática. Ela nos leva a agir corretamente e sem precipitações, segundo a vontade de Deus.

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

CONCLUSÃO

A Bíblia é um guia seguro para a nossa caminhada cristã. O texto sagrado aponta para Cristo: o único caminho que leva à vida (Mt 7.14). Nessa nobre tarefa, a imutável Palavra de Deus alumia o caminho que devemos trilhar. Assim , por meio da obediência às Escrituras, e o temor a Deus, recebem a sabedoria e prudência em nosso andar como filhos da luz (Ef 5.8).

Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site. Nos abençoe Com Uma Oferta pelo PIX: CPF 346.994.088.69 Seja um parceiro desta obra. ( Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )

REVISANDO O CONTEÚDO

1- Quem ouve e coloca em prática a Palavra de Deus é comparado a quê? R:Quem ouve e coloca em prática a Palavra de Deus é comparado a um a pessoa prudente cuja casa é alicerçada sobre a rocha (Mt 7.24).
2- Por que os valores cristãos são permanentes? R: Os valores cristãos são permanentes, pois a fonte de autoridade é permanente (Mt 5.18).
3- O conhecimento sem a prática produz sabedoria? R: Não. O conhecimento sem a prática não produz sabedoria (Pv 3.7).
4- Que ato, segundo o salmista, torna a pessoa mais sábia? R: O salmista declara que o ato de meditar na Palavra de Deus o tornará mais sábio que todos à sua volta (SE 119.98-100).
5- Cite pelo menos três benefícios da prudência. R: Autocontrole, humildade e pensar antes de agir.

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Adultos CPAD

Adultos Betel

Jovens CPAD

Jovens Betel

Adolescentes CPAD

Bíblia Online

EBD Juniores Professor CPAD

EBD Revista PECC

EBD | 1° Trimestre De 2022 | CPAD – Adultos – Tema do Trimestre: A Supremacia das Escrituras: A Inspiração, Inerrante e Infalível Palavra de Deus Lição 06: A Bíblia como um Guia para a Vida | Escola Biblica Dominical

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *