Lição 11: A Liderança de Barnabé | 4° Trimestre de 2022 | EBD JOVENS

EBD | 4° Trimestre De 2022CPAD – Revista Jovens – Tema: Liderança na Igreja de Cristo – Escolhidos por Deus para Servir | Escola Bíblica Dominical | Lição 11: A Liderança de Barnabé

TEXTO PRINCIPAL

“Então, Barnabé, tomando-o consigo, o trouxe aos apóstolos […].” (At 9.27)

RESUMO DA LIÇÃO

Barnabé é referência de uma liderança conciliadora.

LEITURA SEMANAL

SEGUNDA – 1 Jo 3.16-18 O amor do líder
TERÇA – EF 4.11-16 O líder e o aperfeiçoamento dos santos
QUARTA – Cl 3.23,24 O líder faz para o Senhor
QUINTA – 2 Tm 1.1-6 O líder é uma consciência pura
SEXTA – Ed 7.10 O líder que busca a Lei do Senhor
SÁBADO – Ef 5.18 O líder cheio do Espírito Santo

OBJETIVOS

APRESENTAR a pessoa de Barnabé;
MOSTRAR a liderança de Barnabé;
EXPLICAR os aspectos práticos da liderança de Barnabé

INTERAÇÃO

Nesta lição, estudaremos a respeito da liderança de Barnabé. “Ele se sentia atraído a pessoas que podia encorajar e foi uma grande ajuda aos que estavam próximos. As ações de Barnabé foram cruciais para a igreja Primitiva, de certa maneira, podemos agradecer a ele por grande parte do Novo Testamento. Deus usou seu relacionamento com Paulo, em certo ponto, e com Marcos, em outro, para fazer com que esses dois homens continuassem quando poderiam ter fracassado.

Quando Paulo chegou a Jerusalém pela primeira vez depois da sua conversão, os cristãos locais o receberam de maneira relutante, uma atitude bastante compreensível. Eles pensavam que a história da sua conversão era um truque para capturar mais cristãos. Mas Barnabé provou estar disposto a arriscar sua vida para se encontrar com Paulo, e então convencer os outros de que seu antigo inimigo era, agora, um crente em Jesus’ (Bíblia de Estudo Cronológica Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, 2015, p. 1557).

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Prezado(a) professor(a), reproduza no quadro o esquema abaixo. Utilize-o para a conclusão da lição, enfatizando as qualidades e realizações de Barnabé e as lições de sua liderança.

BARNABÉ 

QUALIDADES E REALIZAÇÕES• Um dos primeiros a vender posses para ajudar os cristos de Jerusalém 
• O primeiro a viajar com Paulo como um time missionário. 
• Como incentivador, foi uma das pessoas mais influentes nos primeiros dias do Cristianismo. 
• Era considerado um apóstolo.
LIÇÕES DE VIDA• O incentivo é uma das maneiras mais eficazes de ajudar. 
• Cedo ou tarde, a verdadeira obediência a Deus envolverá riscos. 
• Sempre há alguém que precisa de incentivo.
(Adaptado da Bíblia de Estudo Cronológico Aplicação Pessoal CPAD. p.155)

TEXTO BÍBLICO

Atos 4.36,37
36 Então, José cognominado pelos apóstolos. Barnabé (que, traduzido, é Filho da Consolação, levita, natural de Chipre.
37 Possuindo uma herdade, vendeu-a e trouxe o preço, e o depositou aos pés dos apóstolos.

Atos 15.36-39
36 Alguns dias depois, disse Paulo a Barnabé: Tornemos a visitar nossos irmãos por todas as cidades em que já anunciamos a palavra do Senhor para ver como estão.
37 E Barnabé aconselhava que tomassem consigo a João, chamado Marcos.
38 Mas a Paulo parecia razoável que não tomassem consigo aquele que desde a Panfília se tinha apartado deles e não os acompanhou naquela obra.
39 E tal contenda houve entre eles, que se apartaram um do outro. Barnabé, levando consigo a Marcos, navegou para Chipre.

INTRODUÇÃO

Na lição deste domingo, veremos que Barnabé desempenhou um papel imprescindível no início da história da Igreja. Com base neste fato, estudaremos a vida, o ministério e as qualidades da liderança deste homem que foi um instrumento divino para o desenvolvimento espiritual e ministerial do apóstolo Paulo. Que a liderança, na atualidade, venha seguir o exemplo de Barnabé, trabalhando pela unidade em um tempo de divergências.

I- A PESSOA DE BARNABÉ

1- Quem foi Barnabé? São poucas as informações que a Bíblia oferece a respeito deste servo de Deus. Entretanto, os relatos que temos são significativos e indicam, com admirável clareza, detalhes a respeito da personalidade, da fé e da liderança deste homem que tanto tem a nos ensinar. O seu nome original é José, a designação Barnabé foi dada pelos apóstolos, cujo significado é “pacificador“, ou ainda, “consolador”. Seu nome diz muito sobre sua personalidade e suas contribuições para a Igreja de Cristo em seus primeiros dias.

Nascido em Chipre, Barnabé era da tribo de Levi, logo, era de família sacerdotal. Não se tem informações precisas sobre o que pode ter levado este homem a Jerusalém, embora haja quem defenda que a Igreja de Cristo foi o fator preponderante para a sua decisão, depois de ter ouvido o Evangelho por ocasião de uma de suas viagens para a Festa do Pentecostes Isso é o que sabemos da origem e do nome de Barnabé, o que é suficiente para a nossa reflexão a respeito de seu ministério e o seu modelo de Liderança

2- Barnabé, um homem generoso. Diferente de Judas Iscariotes, que adquiriu um campo com o dinheiro que ganhou por ter traído Jesus (At 1.18), Barnabé vendeu a propriedade que possuía e depositou todo o valor que ganhou, diante dos apóstolos (At 4.37). Ao que tudo indica, a prática de depositar bens aos pés dos apóstolos era algo comum na Igreja Primitiva, embora não fosse obrigatório.

Estes bens eram administrados pelos próprios apóstolos que dentre outras finalidades, ajudava os necessitados, atendendo-lhes as suas necessidades. Sendo assim, ao entregar o que recebeu da venda de sua herdade. Barnabé demonstrou ser alguém generoso e pronto a abençoar e ajudar os que mais precisavam.

3– Barnabé, um homem fiel. Além de sua origem, de seu bom relacionamento com os apóstolos e de sua generosidade, Barnabé é visto também como uma pessoa fiel, leal ao Senhor e a liderança da igreja em Antioquia. A lealdade é uma qualidade de elevada grandeza que geralmente é colocada à prova em tempos de adversidade. Ser leal a alguém cuja popularidade está em alta, não é tarefa tão difícil.

No entanto, Barnabé foi leal a Paulo, apresentando-o insistentemente aos apóstolos em um momento em que as pessoas o temiam, os helenistas buscavam matá-lo e a igreja em Jerusalém não queria recebê-lo (At 9.26). Ele também foi leal a Joao Marcos, mesmo em sua ausência, insistindo com Paulo e defendendo a utilidade do jovem obreiro, a fim de que pudessem levá-lo com eles em suas viagens missionárias (At 15.36-39).

SUBSÍDIO 1

Professor(a), explique aos alunos que “Barnabé era um levita de Chipre e membro da igreja Primitiva de Jerusalém. Seu nome era José; o nome Barnabé lhe foi dado pelos apóstolos para indicar o seu caráter (“Filho da Consolação” At 4.36). Foi o primeiro homem mencionado por sua generosidade que vendeu uma propriedade e trouxe o dinheiro da venda aos apóstolos para que as necessidades dos membros mais pobres da igreja fossem supridas.

Ele aparece novamente em Atos 9.27 prestando os seus bons serviços a Saulo de Tarso, quando Saulo retornou a Jerusalém no terceiro ano após a sua conversão, Recomendando-o aos apóstolos, afirmando que Saulo era um crente genuíno.’ (Dicionário Bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, p 263).

PROFESSOR(A), “Ideias novas e inovadoras nos ajudam a encontrar novas maneiras para resolver antigos problemas, a gerar novos produtos e processos para manter nossas organizações crescendo, e continuar crescendo e nos aprimorando pessoalmente. Plutarco, da Grécia antiga, afirmou: ‘Saiba como ouvir, e tirar proveito até mesmo daqueles que se expressam mal.’ Algo engraçado ocorre quando não se faz do ouvir as pessoas uma prática. Elas encontrarão outros que o façam. Sempre que cônjuges, colegas, filhos ou amigos não acreditam mais que estejam sendo ouvidos, buscarão quem lhes dê o que desejam (MAXWELL, JOHN C; DORNAN, Jim. Como Tornar-se uma Pessoa de Influência. Rio de Janeiro: CPAD, pp. 104,105).

II- A LIDERANÇA DE BARNABÉ

1- Um líder experiente. Veremos algumas das qualidades que marcaram a liderança de Barnabé. A primeira característica a ser considerada é a sua experiência demonstrada na maneira como conduziu Paulo para ser introduzido na igreja. Ele é referência de um líder com maturidade espiritual e emocional. Inicialmente, é apresentado como um cristão verdadeiramente convertido, capaz de abrir mão de um bem material para doá-lo em benefício de outros (At 4.37).

Uma das principais evidências de uma vida cristã saudável, “à medida da estatura completa de Cristo” é a consciência de que há oportunidade no Corpo de Cristo para que todos desenvolvam seus dons e talentos (Ef 4.11). Assim como Barnabé acreditou e investiu em Paulo, ele fez o mesmo com João Marcos (At 9.27,28; 15.36-39).

2- Um líder dedicado. Além da maturidade, a dedicação e outra qualidade da liderança de Barnabé. Ao lermos as referências bíblicas que se referem ao seu ministério, percebemos o seu dinamismo e o seu empenho em prol do avanço do Reino de Deus. Um aspecto importante da dedicação de Barnabé é visto na sua disposição de acompanhar Paulo em uma viagem cujo propósito era visitar novamente os irmãos que se converteram a Cristo nas cidades pelas quais já haviam passado. Ele também se dedicou em conduzir e formar novos obreiros, como Joao Marcos e o próprio apóstolo Paulo.

3- Um líder confirmado. Podemos ver, por intermédio do exemplo de Barnabé, que uma liderança de sucesso é reconhecida por Deus e pela igreja de Cristo. O texto bíblico informa que: “Na igreja que estava em Antioquia havia alguns profetas e doutores […] E, ser­vindo eles ao Senhor e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra que os tenho chamado’ (At 13.1,2). Barnabé foi uma escolha divina para que, junto de Paulo, fosse enviado para a obra missionária.

SUBSÍDIO 2

Professor(a), explique aos alunos que quando, alguns anos mais tarde, chegou a Jerusalém a notícia de que uma evangelização em larga escala havia ocorrido em Antioquia da Síria, por cristãos helenistas refugiados da perseguição que teve início na Judéia após a morte de Estevão. Barnabé foi enviado até lá para investigar a situação e agir da forma que julgasse ser mais apropriada. Não podiam ter enviado um homem mais adequado.

Longe de sentir-se chocado pelas inovações que ali encontrou, Barnabé sentiu prazer por ver a graça de Deus em ação na conversão dos pagãos em Antioquia, e assim encorajou tanto os evangelistas quanto os novos convertidos com todas as suas forças. Após algum tempo, ele sentiu necessidade de ter um colega que pudesse ajudá-lo na supervisão daquela obra crescente e trouxe Paulo de Tarso para ajudá-lo. (Dicionário Bíblico Wycliffe Rio de Janeiro. CPAD, p. 263)

III- ASPECTOS PRÁTICOS DA LIDERANÇA DE BARNABÉ

1- A alegria de Barnabé. A igreja que estava em Jerusalém enviou Barnabé para ver de perto o que Deus estava fazendo em Antioquia, e quando chegou, e viu a graça de Deus, se alegrou (At 11.23). Barnabé deixou de lado o exclusivismo judaico e pode se alegrar com o fato de que os gentios estavam sendo alcançados pela graça divina. Tal fato é uma clara demonstração de seu caráter cristão e ministerial pautado em Deus. O líder precisa se alegrar com os feitos do Senhor na vida de seus liderados.

2- A mensagem de Barnabé. Como líder, Barnabé atuou efetivamente no ministério da pregação e provou a sua fidelidade a Deus também como pregador. Não há um registro detalhado e amplo na Bíblia a respeito da pregação de Barnabé, mas existe uma referência que, além de indicar o conteúdo de sua pregação, confirma o seu compromisso com a verdade do Evangelho. Observe o que ele anunciou ao chegar a Antioquia: “Lhe exortou a todos a que, com firmeza de coração, permanecessem no Senhor (At 11.23). Barnabé advertiu os crentes a permanecerem centrados e firmados no Senhor Jesus e tudo indica que este era o alvo de sua mensagem

3- Barnabé, um homem de bem e cheio do Espírito Santo. Com base no que estudamos, fica evidente que Barnabé foi um líder inspirador, cujas qualidades continuam servindo de modelo para a liderança na atualidade. Ele foi um líder bem-sucedido e o texto de Atos 11.24 se encarrega de mostrar que o seu sucesso estava no fato de que “era homem de bem, e cheio do Espírito Santo e de fé […]”. Essas três qualidades resumem o perfil ministerial de Barnabé. Como um líder cheio do Espírito Santo, ele foi um homem de bem que buscou a unidade entre os irmãos. Também foi um homem de fé que nunca deixou de acreditar e trabalhar pelo avanço da evangelização dos povos e, como resultado da sua liderança, a Bíblia afirma que “muita gente se uniu ao Senhor’ (At 11.24)

SUBSÍDIO 3

“Após um ano de cooperação em Antioquia, Barnabé e Paulo deixaram aquela igreja para assumir um ministério ainda mais extensivo. Os dois apóstolos atravessaram a ilha de Chipre de Leste a Oeste, então, cruzaram a Ásia menor, onde pregaram o Evangelho e fundaram igrejas nas cidades do sul da Galácia. O Jovem primo de Barnabé (Cl 4.10), João Marcos de Jerusalém, os acompanhou na jornada até a costa da Ásia Menor e então voltou para casa. (Dicionário Bíblico Wycliffe Rio de Janeiro CPAD, p. 263).

CONCLUSÃO

Nesta lição, refletimos a respeito de Barnabé, um líder importante na edificação e no crescimento da Igreja no primeiro século. Ele cumpriu um papel importante na formação espiritual e ministerial de Paulo e de João Marcos, além de ter sido um incansável evangelista entre os gentios. As suas qualidades podem ser resumidas como “homem de bem, cheio do Espírito Santo e de fé” (At 11.24). Sua liderança foi confirmada por Deus e reconhecida pelos homens.

HORA DA REVISÃO

1- Qual o significado do nome ‘Barnabé”? O significado é “pacificador”
2- Qual o local de nascimento de Barnabé? Nascido em Chipre.
3- O dinheiro da venda da herdade de Barnabé foi entregue a quem? Foi colocado aos pés dos apóstolos
4- Cite 3 qualidades de Barnabé. Um líder fiel, dedicado e experiente
5- Quem confirmou a liderança de Barnabé? Sua liderança foi confirmada por Deus e reconhecida pelos homens.

Gostou do site? Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe com Uma Oferta pelo PIX: CPF 346.994.088.69 Seja Um Parceiro Desta Obra. “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. Lucas 6:38

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

LIÇÃO Adultos – CPAD

LIÇÃO Jovens – CPAD

LIÇÃO Adolescentes – CPAD

LIÇÃO Adultos – Editora Betel

LIÇÃO Jovens – Editora Betel

LIÇÃO Adultos – Revista PECC

BIBLIA ONLINE

ESBOÇO DE PREGAÇÃO

EBD | 4° Trimestre De 2022CPAD – Revista Jovens – Tema: Liderança na Igreja de Cristo – Escolhidos por Deus para Servir | Escola Bíblica Dominical | Lição 11: A Liderança de Barnabé

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *