Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo | 2° Trimestre De 2021 | BETEL – Jovens Conectar

EBD | 2° Trimestre De 2021 – Editora Betel Jovens Conectar | Tema: Os Evangelhos – A representação de Jesus em quatro dimensões | Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo

OBJETIVOS DA LIÇÃO

Mostrar a noção de servo no Antigo Testamento;

Analisar a ótica de Marcos em seu Evangelho;

Perceber o foco de Marcos em mostrar Jesus como servo.

Texto de Referência:

Marcos 10.39-45

VERSÍCULO DO DIA

“E Ele lhes disse: Vamos às aldeias vizinhas, para que eu ali também pregue, porque para isto eu vim”. Mc 1.38

 VERDADE APLICADA

Jesus é o servo enviado de Deus para remir a humanidade de seus pecados.

MOMENTO DE ORAÇÃO

Oremos para que os discípulos de Cristo sejam servos no exercício eclesiástico.

LEITURA SEMANAL

SEG | Mc 1.21-22 Jesus servindo em Cafarnaum.

TER | Jo 9.4 Jesus a serviço de Seu Pai.

QUA | Is 52.13 O servo agirá com prudência.

QUI | Fp 2.7 Jesus assumiu forma de servo.

SEX | Mc 1.32-34 Jesus a serviço da multidão.

SÁB | Mc 9.35 Os discípulos precisam servir.   

INTRODUÇÃO

O Evangelho de Marcos revela o Cristo como servo enviado de Deus, não somente para mostrar as grandezas do Altíssimo, mas também para servir as pessoas, atendê-las em suas necessidades e dar a sua vida por elas. 

EBD | 2° Trimestre De 2021 – Editora Betel Jovens Conectar | Tema: Os Evangelhos – A representação de Jesus em quatro dimensões | Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo

Ponto Chave

“Jesus, como servo de Deus, viveu a serviço do Reino”.  

I- O ANTIGO TESTAMENTO FALA SOBRE O SERVO UNGIDO

O servo não tem muita importância, talvez por isso, Marcos tenha omitido a genealogia de Jesus, visando apresentá-lo como servo. A visão de Jesus como servo pode ser percebida nas passagens dos profetas Isaías e Ezequiel.  

1.1. O Profeta Ezequiel

Na passagem bíblica de Ezequiel 1.10, vemos a visão que representa as quatro faces dos Evangelhos na apresentação do Messias. Em Marcos a figura predominante é o boi, trazendo a ideia de servo, pois o boi é um animal que, literalmente, serve e efetua trabalho que os homens muitas vezes não dariam conta. Jesus é o servo de Deus que veio trabalhar em prol da Salvação da humanidade, sabendo que estes não dariam conta de salvar-se, pois estavam mortos em pecados e delitos (Ef 2.1). Jesus se tornou servo obediente até a morte de cruz, para que pudéssemos ser livres do pecado.  

1.2 O Profeta Isaías

Existem duas passagens no livro do profeta Isaías que fazem alusão ao ministério do servo na vida de Jesus. Isaías 42 revela que o servo é eleito, ungido e efetuará juízo entre os gentios; fica claro aqui a extensão universal de seu Ministério. Na passagem de Isaías 52.13-15 percebemos as dores e a exaltação do servo ungido. Em ambas as passagens é evidente que o ministério de Jesus seria servir a humanidade. Pelo trabalho efetuado com excelência, o servo foi exaltado a ponto de se tornar elevado e sublime. Que a exemplo de nosso Mestre, venhamos servir com excelência, e esperar as honras de nosso Pai Celestial e não dos homens. 

EBD | 2° Trimestre De 2021 – Editora Betel Jovens Conectar | Tema: Os Evangelhos – A representação de Jesus em quatro dimensões | Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo

 Refletindo

“O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir…”. (Jesus Cristo)

II- JESUS COMO SERVO SOFREDOR

Ao contrário de Mateus que pontua Jesus como Messias, Marcos adota a visão de servo, mostrando em seus relatos o constante movimento do servo na execução da obra de Deus, pois, encontramos a expressão “imediatamente”, quarenta e duas vezes em todo o Evangelho de Marcos. Literalmente Jesus estava a serviço de seu povo operando sinais e prodígios (Mc 1.34), e ensinando sobre os mistérios do Reino (Mc 4.2). A vida do servo não seria fácil, mas sim de sofrimento e morte.

2.1. A perseguição dos escribas e fariseus

Jesus, no exercício de Seu ministério, cumpriu na íntegra o ministério recebido de Deus, porém em Sua jornada sofreu perseguição daqueles que se consideravam donos das verdades de Deus. Um dos grupos que O perseguiam era o dos escribas, que eram considerados mestres especializados no estudo e na aplicação da Torá. Em Marcos 13.22 vemos este grupo dizendo que Jesus expulsava demônios por Belzebu.

Outros que perseguiam Jesus eram os fariseus, que além de se considerarem doutores da lei, alguns faziam parte do Sinédrio e viviam uma religiosidade vazia. Em Marcos 7, este grupo interrogou Jesus acerca do procedimento de Seus discípulos. Em nossa missão de pregar o evangelho surgirão diversos opositores, mas, a exemplo de Cristo, precisamos continuar firmes na missão (2Tm 3.12).  

2.2. A condenação do Sinédrio

O Sinédrio nada mais era que a suprema corte dos judeus, onde se julgava tendo como base as leis judaicas. Geralmente era formado pelo sumo sacerdote e mais 69 pessoas, entre escribas e fariseus. Eles julgaram Jesus porque Ele afirmava ser Filho de Deus, conforme o registro de João 19.7. Ao ser considerado culpado de morte, começaram a cuspir em Seu rosto, dar socos e bofetadas (Mc 14.65). O que aconteceu com Cristo já estava vaticinado a seu respeito pelo profeta Isaías ao dizer que Sua aparência estava desfigurada (Is 52.14); foi desprezado e homem de dores (Is 53.3); como ovelha muda não abriu a sua boca (Is 53.7).

Como enviado do Pai, Jesus cumpriu cabalmente a sua missão, mesmo diante de tantas perseguições. Jesus nos deixou o exemplo de servo; Paulo chegou a expressar que Ele assumiu a forma de servo, sendo obediente até a morte, e morte de Cruz (Fp 2.7-8). Jesus nos deixou o exemplo, sejamos servos. 

EBD | 2° Trimestre De 2021 – Editora Betel Jovens Conectar | Tema: Os Evangelhos – A representação de Jesus em quatro dimensões | Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo

III- O MINISTÉRIO DO SERVO

É interessante observar o quanto a Bíblia é coerente e harmoniosa no Antigo e Novo Testamento. Nos textos messiânicos de Isaías, lemos os relatos de como seria o Ministério do Servo ungido, e em Marcos vemos o cumprimento das profecias acerca de Cristo, no que tange ao Ministério de servo.  

3.1. Um Ministério de libertação

Na passagem de Isaías 42, encontramos explicitamente que o Servo do Senhor veio para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas (vr 7). No relato de Marcos 5, é perceptível o poder de Cristo na libertação dos oprimidos por espíritos malignos; o homem gadareno era preso em cadeias e grilhões, pois ninguém o podia amansar. Os demônios não somente conhecem Jesus e Seu poder, como também obedecem a Sua ordem.

Pelo relato de Marcos 1.27, entendemos que não era comum naquela época a prática de expulsar demônios, mas Jesus veio trazer libertação aos cativos como ênfase da mensagem do Reino. Os discípulos de Cristo precisam também exercer a autoridade recebida: “Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum”, Lc 10.19. 

EBD | 2° Trimestre De 2021 – Editora Betel Jovens Conectar | Tema: Os Evangelhos – A representação de Jesus em quatro dimensões | Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo

3.2 Um Ministério de Restauração e Milagres

Em Isaías 53 é profetizado que o Messias tomaria as nossas dores e enfermidades e as levaria sobre si. Só no Evangelho de Marcos encontramos o relato de 18 milagres efetuados pelo Servo do Senhor, promovendo a cura física das pessoas. Marcos diz que Seu poder era tanto que as pessoas arrojavam sobre Ele para lhe tocarem (3.10). Jesus deixou este dom para a igreja (1Co 12); cabe aos Seus discípulos buscar em oração e jejum e usá-los para a glória de Deus.

Jesus também veio para restaurar os contritos (Is 61.1). Este mesmo profeta diz que sobre o Reino do Servo ungido o pavio que fumega não se apagará (Is 42.3). Durante Seu Ministério, percebemos o caráter restaurador de Jesus junto às pessoas, promovendo alento, perdão de pecados e restauração aos abatidos. Jesus restaurava as pessoas de maneira holística e espera que Seus discípulos também proclamem o Evangelho de Salvação.

Saiba TUDO Sobre A ESCOLA DOMINICAL:

SUBSÍDIO PARA O EDUCADOR

Subsídios Teológico e Histórico

A expressão “Eved Adonai”, que traduzido é “Servo de Deus”, significa em sua essência: aquele que adora a Deus, que rende culto ao Senhor. É considerado o centro da Cristologia do Novo Testamento e também um dos títulos mais antigos outorgados à pessoa e à obra de Jesus. As passagens de Isaías 42.1-3, 50.4-11, 52.13 a 53.12 mostram o Ministério e o sofrimento do Servo de Deus. Embora a figura do Eved (ou Ebed) seja essencialmente judaica, ela é explorada no cristianismo primitivo como um dos títulos vinculados à pessoa de Cristo.

O Eved é o Servo do Senhor que sofre, e que através de Seu sofrimento substitui um grande número de homens que deveriam morrer ao invés dEle; portanto, a morte do Servo se torna substitutiva. O Ministério do Eved inaugurou uma nova aliança marcada com boas novas, sendo Ele o mediador do pacto. O escritor aos Hebreus deixa claro que fazemos parte de uma aliança por meio do Sumo Sacerdote Jesus. 

CONCLUSÃO

Marcos deixa claro que a mensagem central de seu Evangelho é que Cristo veio para servir e resgatar a humanidade. 

Complementando

A liderança servidora é um novo modelo de gestão pautada na influência e não no poder. O sistema organizacional ajustado a este modelo foca no respeito, acolhimento, compromisso e cuidado com as pessoas. 

Eu ensinei que:

Em Jesus converge todas as referências messiânicas sobre o “servo ungido”, mostrando o seu poder sobre os demônios e enfermidades.

Sumario: Saiba Mais

EBD | 2° Trimestre De 2021 – Editora Betel Jovens Conectar | Tema: Os Evangelhos – A representação de Jesus em quatro dimensões | Lição 07: Marcos – Jesus é o Servo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *