Lição 02: A Pessoa do Líder | 4° Trimestre De 2022 | EBD – Jovens

EBD | 4° Trimestre De 2022 | CPAD – Revista Jovens – Tema: Liderança na Igreja de Cristo – Escolhidos por Deus para Servir | Escola Bíblica Dominical | Lição 02: A Pessoa do Líder

TEXTO PRINCIPAL

“Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas e que tenhas saúde, assim coma bem vai a tua alma.” (3 Jo 1.2)

LEITURA SEMANAL

SEGUNDA – 1 Tm 4.10-16 Fidelidade e diligência na liderança
TERÇA – 2 Tm 4.9-11 O líder precisa suportar o sofrimento
QUARTA – Lc 10.1-11 A missão do líder
QUINTA – Gn 17.1-6 É Deus quem faz frutificar
SEXTA – Ef 4.7-16 É Deus quem concede os dons
SÁBADO – Ef 4.15 Seguindo a verdade em amor

RESUMO DA LIÇÃO

O líder deve cuidar de sua saúde física, mental e espiritual.

OBJETIVOS

APRESENTAR o líder como indivíduo;
EXPOR os cuidados que um líder deve ter;
COMPREENDER a respeito da vida espiritual e familiar do líder.

INTERAÇÃO

Na Lição deste domingo, estudaremos a pessoa do Líder, os cuidados necessários para que tenha saúde física, mental e espiritual. Muitos líderes, motivados pelo desejo de servir ao Senhor, acabam adoecendo pelo excesso de trabalho. Servir ao Senhor é uma honra e um privilégio, mas não podemos descuidar da nossa saúde. Somos templo do Espírito Santo e a responsabilidade de cuidar de nossa saúde é nossa.

Uma pessoa estressada, doente, não tem condições de realizar a obra do Senhor com excelência e nem ajudar ao próximo. Certa vez, quando Jesus chegou a casa de Pedro, encontrou a sogra deste doente (Lc 4.38). O texto bíblico diz que Jesus curou a sogra de Pedro e ela passou a servi-los (Lc 4.39). Sua enfermidade a impedia de cuidar de Jesus e dos discípulos naquele momento.

Se você não amar a sua vida e não tiver o cuidado necessário com sua saúde, como poderá cuidar do próximo? Como vai cumprir o ministério para o qual foi chamado(a)? Ame a Deus, cuide de você e abençoe seus liderados (Mt 22.37-39).

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Professor(a), depois de orar e de fazer a leitura do texto bíblico da lição, faça a seguinte indagação:·o que deve estar em primeiro lugar na vida de um líder, sua liderança (serviço), sua família ou sua vida espiritual?” Incentive a participação dos alunos e ouça as respostas com atenção. Em seguida, diga que o servo do Senhor deve ser alguém equilibrado. Há momentos em que a liderança na Casa de Deus vai exigir uma dedicação maior, porém há situações em que a vida familiar exige cuidados especiais. Em outros momentos, precisamos dar uma atenção maior a nossa saúde física e mental.

Por esse motivo, o líder precisa ter sabedoria para fazer tudo de forma equilibrada e saudável. Lembrando que “todo excesso esconde uma falta”. O Senhor deseja equilíbrio. Salomão foi um líder sábio que construiu um grande Templo para o Senhor. Em sua sabedoria ele afirmou: “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faça-o conforme as tuas forças […]” (Ec 9.10). Não permita que o excesso de trabalho e o estresse o impedem de realizar um trabalho excelente para Deus, ter uma vida saudável e uma liderança frutífera.

TEXTO BÍBLICO
1 Timóteo 3.1-13

1 Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja.
2 Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar;
3 Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento;
4 Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia
5 (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?);
6 Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo.
7 Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo.
8 Da mesma sorte os diáconos sejam honestos, não de língua dobre, não dados a muito vinho, não cobiçosos de torpe ganância;
9 Guardando o mistério da fé numa consciência pura.
10 E também estes sejam primeiro provados, depois sirvam, se forem irrepreensíveis.
11 Da mesma sorte as esposas sejam honestas, não maldizentes, sóbrias e fiéis em tudo.
12 Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas.
13 Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus.

INTRODUÇÃO

Em geral, o trabalho do líder é valorizado em detrimento de sua pessoa. É preciso ressaltar que a pessoa do líder precede a sua liderança, isto é, ele deve ser valorizado por suas qualidades, seu caráter e não somente pelo trabalho que executa. É comum os liderados criarem expectativas quanto aos resultados apresentados por seu líder. Contudo, os resultados positivos de sua Liderança só serão possíveis à medida que ele estiver bem no seu relacionamento com Deus (comunhão), consigo mesmo e com as pessoas que o cercam. Nesta lição vamos refletir a respeito da pessoa do Líder.

I – O LÍDER COMO INDIVÍDUO

1- A personalidade do líder. Em linhas gerais, a personalidade tem sido definida como o conjunto de fatores afetivo, emocional e habitual que, juntas, formam o ser de uma pessoa. A personalidade também está ligada a consciência que a pessoa tem de si mesma e como ela lida com o ambiente onde vive. O líder é uma pessoa que, por sua vez, possui uma personalidade própria capaz de torná-lo um ser único. Ele necessita ter uma personalidade moldada pelos princípios bíblicos, ser cheio do Espírito Santo e reconhecer seus pontos fortes e fracos se deseja ter sucesso na realização do seu trabalho. Aquele que se dedica em aperfeiçoar a própria personalidade, buscando moldá-la aos padrões de Cristo, será bem-sucedido e os resultados do seu trabalho serão positivos e duradouros.

2- A humanidade do líder. Ao formar o homem, Deus o constituiu de corpo, alma e espírito (Gn 27). Definitivamente, a Bíblia confirma que o homem é um ser tricotômico (1 Ts 5.23). Deus criou o espírito, a alma e o corpo, logo todas advém do Criador e tem a mesma importância e o mesmo valor para Ele. O líder não deve esconder sua humanidade de seus liderados. Ele necessita nutrir a sua vida espiritual, cuidar de sua saúde física e mental. O líder não pode se comportar e nem ser visto como um super-herói, pois é humano e está sujeito às enfermidades e falhas.

3- O líder e os seus relacionamentos. Em primeiro lugar, o líder precisa desenvolver um relacionamento real e sincero com Deus. Depois, consigo mesmo e com as pessoas que o cercam. A desobediência de Adão lhe custou o rompimento de seu relacionamento com Deus, levando-o a perceber a sua própria nudez e a atribuir a culpa de seu erro a Eva, sua mulher (Gn 3.6-12). Note que, assim que a relação de Adão com Deus foi quebrada, ele teve dificuldades de relacionar-se consigo mesmo e com a sua mulher. Com base nessa verdade bíblica, é possível afirmar que o líder deve ter relacionamentos saudáveis nas seguintes dimensões: transcendental (com Deus); pessoal (consigo mesmo) e interpessoal (com outras pessoas).

SUBSÍDIO 1

Prezado(a) professor(a),inicie o tópico fazendo as seguintes perguntas: Quais os cuidados que um líder deve ter? “O que é sucesso?”·o que é ser um líder bem-sucedido?” Peça que os alunos citem os nomes de líderes bem-sucedidos que conhecem. Ouça os alunos e explique que o sucesso envolve uma escolha e conhecer uma verdade e aceitá-la! Nossa sociedade tem muitos castelos de cartas que servem de fundação para falsas esperanças. Vivemos em uma época de atalhos enquanto procuramos uma forma de escapar da realidade. Nós somos bem-sucedidos até que saibamos o que é correto e façamos o que e apropriado”. Diga que o líder precisa saber o que é correto e fazer o que é apropriado em todas as áreas da sua vida.
(Adaptado de MAXWELL. John. O Coração e a Mente do Líder. Rio de Janeiro: CPAD, 2014, p. 86.)

II- CUIDADOS QUE UM LÍDER DEVE TER

1- Conhecer o seu Limite de atuação. Na igreja local existem vários líderes que atuam em diferentes áreas. A escolha do líder deve ser feita de forma sábia, depois de muita oração e jejum, seguindo o exemplo da igreja do primeiro século (At 13.1,2). Caso contrário, haverá prejuízos na obra do Senhor. Um líder que não conhece os seus próprios limites de atuação está sujeito a não cumprir sua missão adequadamente ou querer executar uma função que não lhe compete, invadindo o espaço de outro líder, o que pode causar diversos conflitos. O apóstolo Paulo advertiu ao jovem pastor Timóteo para que ele fizesse a obra para a qual havia sido chamado com moderação e resiliência (2 Tm 4,5).

Diante dos sofrimentos vividos por Timóteo, a orientação que recebeu foi para que, independente de quaisquer circunstâncias, ele permanecesse em seu lugar, fazendo o que havia recebido como missão da parte do Senhor. Esta é a melhor forma de se enfrentar e vencer os desafios da liderança: ficar na posição que Deus estabeleceu. Uma das marcas de um líder de sucesso é a clareza que ele tem da missão que o Senhor determinou para ele.

2-Ter o devido preparo. Depois de conhecer sua vocação e identificar o seu limite de atuação, o líder precisa dedicar-se aos estudos buscando conhecimento. Todo líder precisa de preparo espiritual e intelectual, como podemos ver na orientação de Paulo a Timóteo: “Persiste em ler, exortar e ensinar […]” (1 Tm 4.13). Outro aspecto do preparo de um líder é o pessoal, e isso se percebe nas palavras de Paulo aos líderes da igreja que estava em Éfeso: “Olhai, pois. por vós […]” (At 20.28). E a Timóteo: “Tem cuidado de ti mesmo […]” (1 Tm 4.16). O sucesso de um líder é resultado de disciplina, esforço e preparo.

3- Ter cuidado com as expectativas dos outros. O que realmente devemos esperar de um líder? Em 1 Coríntios 4.1,2, o apóstolo Paulo responde da seguinte forma: ‘Que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus.’ Segundo o texto bíblico, devemos esperar que ele seja um fiel servidor de Cristo. O líder necessita compreender e crer que os resultados positivos do seu trabalho são, em parte, resultado de sua dedicação, esforço e disciplina, mas sem Deus nada podemos fazer. É Ele que dá o crescimento (1 Co 3.6-9). É necessário também que o líder firme as suas expectativas em Deus e não nas respostas de seus liderados, para que não venha se decepcionar como aconteceu com o profeta Samuel (1 Sm 8.6,7).

SUBSÍDIO 2

Professor(a), explique neste tópico que o líder precisa estabelecer alvos bem definidos. “O cenário humano e povoado de pessoas que chegaram o mais longe que podem alcançar simplesmente porque não tem mais nenhuma meta predeterminada a atingir. James Cornette escreveu: ‘Uma das maiores tragédias na vida de um homem é quando chega o momento em que ele termina sua tenda e não tem nada a fazer a não ser brincar nela, nem ter uma nova tenda a começar. Uma vez que seus objetivos estejam estabelecidos, será necessário reorganizar suas prioridades. Os objetivos bem definidos revelam rapidamente as atividades que atrapalham o progresso em direção ao alvo. As pessoas, com frequência. tendem a priorizar o secundário e a minimizar o principal.”
(Adaptado de MAXWELL. John C. O Coração e a Mente do Líder. Rio de Janeiro: CPAD, 2014, p.100)

III- A VIDA ESPIRITUAL E FAMI­LIAR DO LÍDER

1- A espiritualidade do líder. É fundamental que o líder tenha uma espiritualidade saudável, pois ela estabelece a forma como ele se relaciona com o próximo e principalmente com os de sua família. A expressão “dignidade” pode definir bem a espiritualidade de um líder, pois ele deve ter dignidade moral, espiritual e intelectual no seu lar e fora dele.

2- O líder e a sua família. Paulo escreveu a Timóteo mostrando as qualidades que os pastores e os diáconos deveriam ter. Dentre as várias qualidades, ele cita que deveria ser “marido de uma mulher” e que governasse bem a sua casa, “tendo seus filhos em sujeição” (1 Tm 3.2,4). O líder precisa ter uma família funcional e o seu primeiro compromisso é com sua esposa e filhos. Ele tem a responsabilidade de manter uma base familiar saudável e bem estruturada.

3- Práticas espirituais de um líder. Reconhecer as próprias limitações é o ponto de partida para uma vida de entrega a Deus. Somente um líder que depende do Senhor se dedica a oração, a leitura bíblica e ao jejum.

SUBSIDIO 3

‘Líderes ineficazes fazem as coisas óbvias primeiro. Líderes efetivos fazem as coisas importantes primeiro. Um líder bom sabe que urgente e vital não são termos equivalentes. Muitas tarefas chamam atenção. Mas o líder efetivo decide qual dessas tarefas são verdadeiramente importantes para a realização de uma meta. Urgência simples não é o suficiente. A tarefa deve ser vital para a missão. Todo movimento deve ser intrinsecamente ligado aos valores essenciais e propícios de organização.

lsso exige o foco do líder. Na ocupação do dia, deve ser feita a pergunta: ‘Esta atividade funciona para realizar nosso propósito?’ Bons líderes entendem que nem toda tarefa vital pode ser feita imediatamente. Algumas atividades serão mais importantes amanhã do que são hoje. Seleção cuidadosa é uma marca da liderança. Um aperto firme de quando é justamente tão importante quanto agarrar o que quer, ou como na administração de um projeto. Líderes fixam prioridades. Eles perguntam, se eu puder realizar só uma coisa hoje, o que será.”
(TOLER. Stam. Minutos de Motivação para Líderes. Rio de Janeiro: CPAD, 2015, p. 69.)

CONCLUSÃO

Por mais importante que seja o trabalho que um líder executa, a sua pessoa é ainda mais respeitável aos olhos de Deus. Com base neste fato, vimos alguns aspectos que envolvem a vida do líder como indivíduo. Aprendemos que a comunhão com Deus deve sobrepor-se ao trabalho, pois sua comunhão será a garantia de vitória em sua trajetória.

Gostou do site? Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe com Uma Oferta pelo PIX: CPF 346.994.088.69 Seja Um Parceiro Desta Obra. “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. Lucas 6:38

HORA DA REVISÃO

1- Defina “personalidade”. Conjunto de fatores afetivo, emocional e habitual que juntos formam o ser de uma pessoa.
2- O que o líder precisa ter para executar o seu trabalho com sucesso? Ele precisa ter clareza da missão que o Senhor determinou para ele.
3- Segundo a lição, o que a desobediência de Adão lhe custou? A desobediência de Adão lhe custou o rompimento de seu relacionamento com Deus, levando-o a perceber a sua própria nudez e atribuir a culpa de seu erro a Eva, sua mulher (Gn 3.6-12)
4- De acordo com a lição, como deve ser feita a escolha do líder? A escolha do líder deve ser feita de forma sábia, depois de muita oração e jejum, seguindo o exemplo da igreja do primeiro século.
5- Quais os cuidados que um líder deve ter? Conhecer seu limite de atuação, ter o devido preparo e ter cuidado com as expectativas dos outros

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

LIÇÃO Adultos – CPAD

LIÇÃO Jovens – CPAD

LIÇÃO Adolescentes – CPAD

LIÇÃO Adultos – Editora Betel

LIÇÃO Jovens – Editora Betel

LIÇÃO Adultos – Revista PECC

BIBLIA ONLINE

EBD | 4° Trimestre De 2022 | CPAD – Revista Jovens – Tema: Liderança na Igreja de Cristo – Escolhidos por Deus para Servir | Escola Bíblica Dominical | Lição 02: A Pessoa do Líder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.